terça-feira, 31 de janeiro de 2012

                            "sentimentos"
sabe percebi que por mais que se tente achar a felicidade não e facíl encontrar alguém que diga eu sou feliz não encontra mas quando as pessoas pedem a voçê tipo voçê esta bem oque elas realmente querem ouvir e que sim e não saber na verdade se voçê esta realmente bem tipo eu sou do tipo assim or mais terrivel que esteja minha vida sempre tenho no rosto aquele sorriso estampado dizendo oi nossa as vezes e dificil fazer isso mas eu faso sem pensar duas vezes pensei que irria me achar mas ainda contunuo neste mundo vagando tenho medo do amanha porque não sei se o amanha vai existir mas gosto do agora e zelo por ele velhos abitos nunca se acabão mas como eu queria que acabacem nossa para min seria tão bom se eu conseguice esquecer meu passado mas toda vez que tento ele parece percistir nao quer desaparecer tambem to com saudades de velhos amigos morão perto mas raramente os vejo por falta de tempo queria que eles soubescen que os adoro e eles serão eternamente meus copanheiros por onde eu for olha nesses ultimos tempos tenho tentado tenho mesmo mas a cada dia que passa fico mais e mais distante de tudo sabe queria me libertar mas não acho como tipo onde trabalho no momento digamos o trabalho e legal mas os colegas de trabalho são uma desgraça tipo vivem no cio não sei eu não dou motivos para eles me pegarem no pé mas eles pegão e por mais que eu os corte eles não desistem continuão ali persistindo na mesma coisa tem dias que quero sumi sabe mas infelismente agora neste momento não posso tenho coisas a fazer por aqui ainda mas o tempo ta passando e u estou ficando velho sabe não tenho mais a disposiçao de um menino de 16 aninhos to com 22 ja to quase na metade da vida e depois dos 25 tudo passa tão rapido que a gente nem vê nossa como queria poder voltar aos meus 16 aninhos de novo faria tudo diferente sabe correria atras do que realmente seria importante sabe sei que joguei bastante tempo fora pela janela tempo que não volta mais e espero poder continuar daqui para frente com pelo menos um pouco de dignidade sem tantas escolhas erradas