domingo, 24 de novembro de 2013




sabe aquela solidão sabe o tempo, pois é hoje eu sei que realmente ele nos mostra mostra realmente quem nos ama quem nos usa e sabe eu sei que fui usado sei que tambem fui amado mas sou assim sou amavel sou daquele jeito que a vida fez sou carismatico e piadista nunca vou mudar tenho um ego sem tamanho mas também tenho um coração maior ainda não sei por quanto tempo ele guenta ser assim mas ele ta indo bem no meu ver ultimamente palavras vagas são palavras vagas razão não se existe tempo é a chave logico reconheço que pessoas maravilhosas apareceram em meu mundo e tambem passaram em minha vida algumas permanecem até hoje outras estão cada dia mais distantes longe se afastando aos poucos mas não as jugo está na hora de seguir cada um para seu canto quem sabe um dia a gente se reencontre quem sabe jamais nos veremos mas assim sege a vida do pó viemos ao pó retornaremos e o que irra ficar serão apenas as lembranças de um tempo que nao volta mais de uma vida que não me pertençe sei lá as coisas estão se ajeitando aos poucos se reorgaizando e eu cada dia mais e mais acomodado até quando não sei mas uma hora eu chego lá não é quem sabe melhor quem sabe pior mas eu vou tentar logico um dia de cada vez levando comigo as lembranças acho que o que mais sinto falta erra as passeadas em florianopolis a paisagem as pessoas o tempo o clima mas aqui vejo futuro afinal estou na cidade onde tudo que se faz da certo não é se vc tiver vontade é claro um tempo será bom para refletir pensar e colocar as coisas no seu devido lugar bem algumas musicas me ajudao a superar ex: