terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Quando o tempo

A quem diga que controla os sentimentos a quem diga que o tempo cura e existem pessoas como eu que não conseguem controlar ou se desligar me perco nas memórias e as vezes até nos vastos momentos de felicidade repentina a memória nos prega peças nos engana e no final já sabemos qual será o resultado lidar com isso que não e nada fácil a gente  pensa em desistir e infelismente não conseguimos não temos força e se temos força queremos sempre o melhor pra nos o melhor pra gente quem sabe o tempo mude ou quem sabe nunca mude agora e uma questão de tempo até tudo terminar quando isso ninguém sabe somente eu .....

Esperando um dia

Um preço que não tem fim não tem nada que pague ou que faça ele passar então quando nos resta pouco ou aos poucos o tempo vai tirando tudo só não nos tira a dor e a angústia como fazer pra deixar de lado aquilo que não pode ser esquecido não pode ser apagado, as lembranças são constantes e quando bate a crise nossa e tão devastador pois consigo perder meu chão minha luz própria os sentidos ficam perdidos sem um propósito sem uma estrada tudo se apaga e a cada vez que se apaga eu sinto que mais e mais escuro fica as vezes ando sozinho sem poder contar com ninguém a não ser comigo mesmo então eu apenas deixo as tristezas corer dentre os olhos como elas quiserem ,depois disso apenas espero a brisa trazer o sorriso mais falso de alegria guardo ele comigo e saio supostamente feliz acho que é assim que ando seguindo tentando e tentando uma hora eu sei que meio próxima vai parar .......